segunda-feira, 31 de Dezembro de 2007

Feliz 2008!!!

Para todos nós...

sexta-feira, 28 de Dezembro de 2007

Fatias Douradas

Tirei esta receita do Site Júnior...
...são superfáceis e ficam deliciosas!

Bati, com a batedeira eléctrica, 2 ovos com meio copo de açúcar e, em seguida, juntei 1 copo de leite e umas raspas de casca de limão. Misturei bem.

Passei fatias de pão de forma (da véspera), uma a uma, por esta mistura.

Em seguida, alourei-as, dos dois lados, numa frigideira com óleo bem quente.

Quando estavam loirinhas, retirei-as e escorri bem.

Polvilhei-as com açúcar e canela (mas se preferir, pode polvilhar com açúcar baunilhado).

Então, não disse que eram fáceis?

Esta é para quem quiser tirar a prova dos nove sobre o serem ou não serem deliciosas... lol lol lol


quinta-feira, 27 de Dezembro de 2007

Bacalhau com Broa e Camarão

Aqui em casa, na véspera de Natal, come-se sempre bacalhau...
...este tem sido o adoptado nos últimos anos.

Cozi 5 batatas grandes com pele (deixei-as bem rijas), pelei-as e cortei-as às rodelas. Coloquei-as no fundo de um pirex untado com azeite.

Polvilhei as batatas com sal e 3 dentes de alhos muito picadinhos.

Fiz um refogado com 5 dentes de alho e 1 cebola grande picados, em azeite a cobrir o fundo de um tacho; juntei 500 g de miolo de camarão descascado e deixei fritar um pouco.

Juntei 800 g de bacalhau desfiado (demolhado durante 3 horas e espremido para largar a água) e envolvi bem.

Misturei uma fatia grande (cerca de 500 g) de broa esfarelada com as mãos (sem côdea) e deixei-a absorver o azeite, sem mexer muito para não ficar em papa.

Deitei a mistura de camarão, bacalhau e broa sobre as batatas e cobri tudo com 1 litro de béchamel, feito com metade de água e metade de leite.

Cobri o Béchamel com queijo da ilha ralado.

Levei ao forno uns 30 minutos para gratinar.

Acompanhei com uma salada mista de alfaces verde e roxa e rúcula.

Também não esqueci o vinho: era do Centro de Estudos Vitivinícola do Douro.

Ficou bem bom!

quarta-feira, 26 de Dezembro de 2007

Um miminho da Romy...

A Romy ofereceu-me este miminho no dia de Natal!
Obrigada querida amiga...

As regras são as seguintes:
1. Este prémio deve ser atribuído aos blogs que considerem serem bons (entende-se como bom os blogs que costumam visitar regularmente e onde deixam comentários).
2. Somente se recebeu o "Diz que até não é um mau blog", deve escrever um post indicando a pessoa que lhe deu o prémio com um link para o respectivo blog; a tag do prémio; as regras; a indicação de outros 7 blogs para receberem o prémio.
3. Deve exibir a tag do prémio no seu blog, de preferência com um link para o post em que fala dele.
4. (Opcional) Se quiser fazer publicidade ao blogger que teve a ideia de inventar este prémio, ou seja – Skynet - pode fazê-lo no post.
Assim sendo passo o selo a:
(esta é sempre uma tarefa muito dificil, pois muitos são os blogs que visito e que comento; como de outras vezes, tentei nomear os que ainda não o tinham sido e que fazem parte dos meus favoritos...)

domingo, 23 de Dezembro de 2007

Feliz Natal

A todos que por aqui passam, desejo...
...um Santo Natal com Alegria, Paz, Saúde e Amor!

sexta-feira, 21 de Dezembro de 2007

Bolo de Alfarroba e Amêndoa

A minha inspiração para este bolo diferente, (mas tão bom!) foi a Miss Slim e as suas princesas...

Misturei 200 g de farinha de trigo peneirada com 1 colher de sopa mal cheia de fermento.

Juntei 2 colheres de sopa de farinha de alfarroba, 150 g de fructose, 200 g de amêndoas picadas e envolvi bem, com uma colher de pau.

Juntei 3 ovos inteiros e bati bem (usei a batedeira eléctrica).

Juntei 1,5 dl de leite frio e 2 colheres de sopa de azeite e misturei levemente, batendo até formar uma massa cremosa.

Coloquei a massa numa forma untada com óleo.

Levei ao forno, por cerca de 50 minutos, a 200ºC.

Desenformei quando ficou morno.

Ninguém resistiu... nem quem olhou desconfiado para os ingredientes!

quarta-feira, 19 de Dezembro de 2007

Arroz de Pato Escondido


Arroz de pato, escondido ou não, é sempre muito bem recebido aqui em casa...

Cozi 1 pato, limpo da maior parte de peles, em água, sal, 1 cebola e 1 cenoura aos pedaços, 4 linguiças e 4 cravinhos (eu uso a panela de pressão).


Escorri o pato cozido e deixei-o arrefecer.
Retirei parte da gordura que se formou à superfície do caldo da cozedura.
Medi o volume do arroz e tomei o dobro do seu volume de água de cozer o pato.
Juntei 1 colher de chá de açafrão em pó.
Cozi o arroz e escorri bem.

Entretanto desfiei o pato, limpando-o muito bem de ossos e restantes peles.
Untei 1 pirex com margarina e coloquei metade do arroz cozido.

Depois coloquei os bocadinhos do pato cozido e cobri com o restante arroz.
Espalhei à superfície do arroz as rodelas de linguiça e da cenoura (faltaram uns bocaditos de bacon ou presunto...).

Vai ao forno até secar e o arroz ficar com aspecto tostadinho.



(estas fotos não estão famosas: não se nota nem o tostadinho do arroz, nem o amarelinho do açafrão... snifff! - só pode ter sido do flash).

domingo, 16 de Dezembro de 2007

Lombinho com Crosta de Papoila

Quando vi esta receita no blog da nossa Elvira, fiquei logo cheinha de vontade para a experimentar...
Não passou de hoje!
Arranjei 2 lombinhos de porco limpos da maior parte da gordura.
Coloquei 6 colheres de sopa de sementes de papoila, num prato grande.
Numa tacinha, misturei 1 colher de sopa bem cheia de mostarda Savora com grãos, 2 colheres de sopa de sumo de limão, 4 dentes de alho muito picadinhos, sal e pimenta preta moída na altura.
Barrei os lombinhos de porco com esta mistura.
(como tenho uns esquisitinhos desconfiados cá em casa, deixei um dos lombinhos sem crosta...)
Rebolei apenas um dos lombinhos nas sementes de papoila, pressionando bem para a carne ficar totalmente coberta.

Coloquei os lombinhos numa assadeira untada com azeite.

Levei ao forno por cerca de 50 minutos, a 220ºC.

Retirei os lombinhos do forno e deixei repousar por 5 minutos antes de os cortar às fatias.
Acompanhei com batatas fritas e salada verde.
Ficaram bem melhores que bons!
E giraços também...

sexta-feira, 14 de Dezembro de 2007

Bolo de Leite Condensado e Coco

A ideia de regar este bolo com calda e juntar-lhe coco foi da Romy...
Só podia ser uma boa ideia!

Bate-se muito bem 1 lata de leite condensado e acrescentam-se 4 gemas.

Batendo sempre, juntam-se 150 g de margarina amolecida, 180 g de farinha e, por fim, as claras batidas em castelo bem firme.

Leva-se a cozer (cerca de40 minutos), numa forma de buraco, untada de margarina e polvilhada de farinha, em forno médio.

Entretanto, mistura-se meia lata de leite condensado com 1 lata de leite meio gordo (a lata de leite condensado serve de medida) e meia colher de chá de essência de baunilha.

Leva-se ao lume até levantar fervura e deita-se sobre o bolo já cozido, mas ainda dentro da forma.

Só se desenforma o bolo quando a calda tiver sido toda absorvida.

Polvilha-se abundantemente com coco ralado. (o bolo da foto não tem calda...)
Só não gosta quem não for guloso!

terça-feira, 11 de Dezembro de 2007

Tamboril e Camarão na Cama de Veggies

Não, hoje não é na telha...
... é mesmo na cama de veggies! A cama foi feita com azeite, 2 dentes de alho e 1 cebola roxa picados, 2 cenouras às rodelas, 250 g de ervilhas congeladas e umas folhinhas de brócolos.

Juntei 3 postas de tamboril e deixei tomar cor dos dois lados.

Temperei com sal e pimenta.

Juntei miolo de camarão e uns cogumelos frescos fatiados.

Reguei com um pouquinho de vinho branco e salpiquei com folhinhas de coentros.

Tapei o tacho e deixei estufar por 15 minutos.

Este foi o resultado...

Que tal? Estamos aprovados?

domingo, 9 de Dezembro de 2007

Um Cozido Português


O cozido é um prato muito apreciado, assim que começa a chegar o tempo frio.
A receita varia de família para família, de região para região, mas resulta sempre delicioso...
Hoje fiz assim:


Na panela de pressão, coloquei água temperada com sal, 4 cravinhos e 6 grãos de pimenta preta.

Cozi 750 g de carne de vaca, 1 chispe da mâo, 250 g de toucinho e meio frango (o chispe e o toucinho ficaram com sal de um dia para o outro).

No cesto de cozer a vapor (da panela de pressão), coloquei 1 chouriço de carne e 1 morcela.

As carnes cozeram durante cerca de 30 minutos.

Escorri-as e, na mesma água de cozer as carnes, cozi 1 couve portuguesa e meia couve lombarda, 1 nabo com a respectiva rama, batatas e cenouras.

À parte, cozi uma farinheira só com água.

Também fiz um pouco de arroz com a água do cozido.

Acompanhámos com vinho tinto Monte Velho...


Com ou sem arroz, o cozido está na lista dos favoritos cá de casa...


quinta-feira, 6 de Dezembro de 2007

Garoupa de Fricassé

Fricassé é bom com tudo: frango, lulas...
Hoje foi com a garoupa!

Num tacho largo , deitei 1 fio de azeite, 3 dentes de alho picados, 2 cenouras cortadas às rodelas
e deixei alourar ligeiramente.
Juntei 3 postas de garoupa temperadas com sal e pimenta.
Deixei fritar dos dois lados.
Juntei uns pés de coentros e reguei com um pouco de brandy.
Tapei o tacho por uns 10 minutos.
Retirei as postas de garoupa para uma travessa.
Também pesquei os pés de coentros.

Entretanto, misturei 2 gemas de ovos com o sumo de 1 limão, 1 colher de chá de mostarda e mais coentros picados.

Apaguei o lume e, logo de seguida, juntei a mistura das gemas. Mexi bem, para o molho não ganhar grumos.

Finalmente, deitei o molho sobre a garoupa e servi com arroz branco e salada.

Nem deu para tirar foto, no prato, mas vocês conseguem imaginar, não é?

terça-feira, 4 de Dezembro de 2007

Risotto de Salsichas Frescas

Apeteceu-me mergulhar no mundo dos risottos...
Cá vai o relato da experiência!

Cortei 9 salsichas frescas em 3 pedaços, cada uma.

Levei-as ao lume, numa frigideira com azeite para fritarem um pouco.

Piquei 1 cebola grande e deitei-a num tacho juntamente com o azeite de fritar as salsichas e deixei alourar um pouquinho.

Juntei os pedaços de salsicha fritos e logo, de seguida, o arroz arbóreo (até agora eu usava arroz carolino, mas tenho de dizer que não é a mesma coisa).

Deixei fritar um pouco e juntei um pouco de água quente.
Esperei que a água fosse absorvida totalmente até juntar mais.
Fui sempre mexendo o arroz e juntando água quente aos pouquinhos, sempre que necessário.

Temperei com pouco sal (por causa do tempero próprio das salsichas).

Apaguei o lume e juntei 150 g de queijo (duas cores) ralado.

Misturei muito bem, tapei o tacho e deixei descansar uns minutos.

Antes de servir, polvilhei com salsa picada.

Acho que não está nada mal para uma estreia...