sexta-feira, 30 de Janeiro de 2009

Wok 3 Cores

Está o mês de Janeiro a terminar e o meu amigo nº2 (a nº1 é a PP) fechadinho no armário...
Toca de lhe dar umas horitas de liberdade!...

No wok, coloquei 1 fio de azeite, 1 colher de sopa de banha e 2 dentes de alho picados.

Quando o azeite ficou quente e o alho um pouquinho frito, juntei-lhe umas tirinhas de lombo de vaca e deixei-as fritar.

Salpiquei-ae com molho de soja e pimenta moída.

Depois juntei-lhes uma mão cheia de cogumelos frescos inteiros.

Juntei ainda umas ervilhas tortas arranjadas (sem fio) e cortadas à mão, em pedaços grandes.

Misturei tudo e deixei cozinhar um pouco.

Por fim, juntei uns cubos de ananás fresco, salpiquei com mais 1 pouco de molho de soja e deixei sobre o lume uns 2 ou 3 minutos.

Ficámos todos felizes: o senhor wok e nós...

quinta-feira, 29 de Janeiro de 2009

Troféu Pedagogia do Afecto

Recebi do Vítor, sempre simpático e atento, e da muito querida Luciana, este Troféu tão especial...
Obrigada, companheiros de petiscos!

Espero que o Vítor e a Luciana não me levem a mal, mas não vou passar a outros 10...

Quem gostar, pode levá-lo para o seu blog.

terça-feira, 27 de Janeiro de 2009

Quase Trouxinhas de Pescada

Aprendi com o Luís a tirar partido da pescada, que era 1 peixe, para mim, nada simpático...
Agora a Maria já sabe: se aparecer uma pescada grandita, toca de lhe tirar os lombos!
Ontem o dia foi demasiado comprido, mas mesmo assim deu-me para «brincar« na cozinha, sempre dá para descontrair um bocadinho...
Temperei os 4 lombos de pescada (desta vez foi o que a senhora pescada deu) com sal, pimenta branca moída na altura, alhos picados e sumo de 1 limão.

Deixei ficar assim, durante 2 horas, mais ou menos.

Num pirex, coloquei azeite, 1 cebola roxa cortada em meias luas e uns quadradinhos de pimento verde e vermelho (as cores ficaram giras, não?).

No centro de cada lombinho de pescada coloquei 1 colher de sopa de molho rosa (maionese misturada com ketchup - eu usei o Pink Cocktail da Calvé) e dois camarões previamente cozidos em água e sal e descascados.

Fechei as trouxinhas com a ajuda de 2 palitos em cada uma (esta tarefa não foi fácil: resultou em quase trouxinhas, lol!).

Depois coloquei-as no pirex e reguei-as com um pouquinho de azeite e uns borrifos da água em que cozeu o camarão.

Levei ao forno por 15 minutos.

Retirei do forno e coloquei, sobre cada lombinho, 2 colheres de sopa de bechamel

... e ainda queijo ralado!!!

Voltaram para o forno, mais 10 minutos e servi, acompanhados de batatas cozidas, cenouras e bróculos (confessem, vá lá: estavam a pensar nas batatinhas fritas!!!!).

Agora a sério: podia ter acabado antes do bechamel e do queijo ralado...

Para quem gosta do sabor do peixe, como eu, teria ficado bem mais aliciante!...

domingo, 25 de Janeiro de 2009

Frango do Campo com L; A e C

Vou já explicar: L=Laranja; A=Alecrim;C=Cogumelos!
O frango viajou de S. Pedro do Sul até Lisboa...
Na panela de pressão, coloquei azeite, 2 dentes de alho em pedacinhos e 1 cebola roxa em meias luas.
Depois juntei o frango do campo, partido em pedaços, temperado de sal, pimenta e 1 colher de sopa de pimentão doce.
Quando o frango tomou cor, de todos os lados, reguei-o com o sumo e a polpa de 2 laranjas, meio copo de aguardente velha e juntei-lhe 2 hastes de alecrim lavadas.
Tapei a panela e, depois de apitar, baixei o lume do fogão e contei 15 minutos.
Depois de sair a pressão, destapei.

Juntei cogumelos frescos, cortados ao meio, e deixei apurar o molho, durante mais 10 minutos. com a panela destapada.Acompanhei com batatas fritas (para variar, lol!), meias rodelas de laranja e salada.
Valeu a pena a longa viagem do frango que, até acabou bem, na minha panela!!!

Catadupa de Mimos

Eu não disse que era a semana dos prémios e dos mimos?...
A sempre amiga e muito querida Isabel mais os seus anjos, ofereceram-me não 1, mas 3 de uma só vez...

Acho que não vou conseguir atribuí-los. como mandam as regras. a outros 15 blog's...

Assim, quem quiser apanhá-los, sinta-se à vontade!

Obrigada Isabel e beijinhos para ti!

sábado, 24 de Janeiro de 2009

5º Frase da Página 161

Esta é mesmo a semana dos prémios e dos desafios...
As doces meninas, companheiras de petiscos, a Janeca e a SusanaG fizeram-me este desafio:
1º - Agarrar o livro mais próximo;
2º - Abrir na página 161;
3º - Procurar a quinta frase completa;
4º - Colocar a frase no blog;
5º - Não vale escolher a melhor frase. nem o melhor livro! Utilizar o livro que estiver mais próximo.
E o livro escolhido foi: «O Monge que vendeu o seu Ferrari».
A quinta frase da página 161 é:
«Faz aquilo que temes.»
Já está. Foi fácil!
Beijinhos para as duas meninas desafiadoras!

quinta-feira, 22 de Janeiro de 2009

Sou 5 estrelas!!!!!

As sempre simpáticas e muito queridas Janeca e Alcina acharam que a minha cozinha merecia este selo:

Um big beijinho de obrigada para as duas!

(como acho que toda a gente já recebeu não vou passar como mandam as regras...)

quarta-feira, 21 de Janeiro de 2009

Garoupa Casada com Camarões

Acho que já todos sabem o quanto gosto de peixe e que a garoupa é dos meus preferidos...
Desta vez só trouxe o rabo da dita cuja (deu 3 postas).

No tacho de barro coloquei azeite, 2 dentes de alho e 1 cebola picados e 1 cenoura cortada às rodelas.

Quando o azeite ficou quente, juntei as 3 postas de garoupa temperadas com um mix para peixe (mistura de pimenta preta, rosmaninho, salsa, alho, louro, coentros, orégãos, zimbro e sal).

Deixei o peixe alourar dos dois lados.

Juntei alguns camarões inteiros, reguei com meio copo de brandy e deixei cozinhar com o tacho tapado, durante 10 minutos.

As convidadas deste casamento feliz foram umas batatinhas cozidas com pele e ainda uns coentros picadinhos...

segunda-feira, 19 de Janeiro de 2009

Frango Korma

A cozinha indiana entrou pela minha cozinha dentro pelas mãos da APP...
Esta amiga é a dona de uma cozinha cheia de Gulodices, onde tenho aprendido algumas boas e deliciosas dicas!
Vejam só o que me chegou, pelo Correio, dentro de 1 envelope discreto e misterioso:

É isso mesmo: 1 embalagem de Korma e outra de Tikka!

Li atentamente a receita da APP e ainda a que vem no verso da embalagem e o resultado foi este:

Fiz uma marinada com o sumo de um limão, 3 colheres de sopa das especiarias Korma e dois iogurtes naturais.

Juntei os pedaços de um frango e deixei ficar assim durante cerca de 1 hora.

Num tacho deitei um fio de azeite, 2 cebolas picadas e deixei alourar.

Então juntei o frango e a marinada e deixei cozinhar por uns 20 minutos, com o tacho tapado.

Depois deitei um pacote de natas, 200 g de amêndoas sem pele e 3 colheres de sopa de coco ralado.

Mexi muito bem e deixei apurar o molho durante mais uns 10 minutos com o tacho destapado.

Servi com arroz Basmatti.

Obrigada APP!

Dentro daquele envelope vinham também as tuas boas energias e o melhor de tudo: um bom pedaço da tua amizade!

Há dias assim: acabam FELIZES!!!!

sábado, 17 de Janeiro de 2009

Espada-preto no Barro Preto

Gosto muito de espada- preto e de qualquer maneira... até já o comi cozido!
Desta vez, saíu assim uma espécie de caldeirada só com 1 variedade de peixe...
No tacho de barro preto, coloquei azeite, 2 dentes de alho picados, 1 cebola cortada em meias luas, 5 batatas cortadas às rodelas e tiras de meio pimento vermelho.
Temperei com sal, pimenta e reguei com meio copo de vinho branco.
Por cima, coloquei as postas de espada-preto, a outra metade de pimento vermelho às tiras e temperei com umas pedrinhas de sal e mais meio copo de vinho branco.
Levei a lume brando, com o tacho tapado, por 20 minutos.
Polvilhei, então, com 1 raminho de coentros lavados e picados.
Almoço de sábado, aqui em casa, é sinónimo de peixe fresco!
Há sempre quem proteste, mas eu não ligo...

quarta-feira, 14 de Janeiro de 2009

Perna de Peru na PP

Não somos grandes fãs de peru, a não ser da parte do peito...
Mas esta perna era mesmo à medida da minha panela de pressão e eu não lhe resisti, trouxe-a comigo...

Primeiro temperei-a com sal, pimenta, muitos dentes de alho laminados enfiados em golpes que fiz com a ponta de uma faca e um pouco de massa de pimentão dissolvida em meio copo de wisky.

Deixei descansar por umas 2 horas.

Na PP, coloquei 2 cebolas roxas. cortadas em meias luas, 2 dentes de alho às rodelas, 1 fio de azeite e 2 colheres de sopa de banha.
Refoguei só até a cebola murchar.

Então, coloquei a perna de peru (dá para ver como era à medida da pp, o que tornou dificil andar a voltá-la de todos os lados) e deixei-a tomar cor.

Reguei nessa altura com o liquido da marinada e juntei ainda meio copo de água.

Tapei a panela e contei 25 minutos depois de apitar (a minha pp não apita, tem um dispositivo na tampa que sobe - amarelo, laranja e vermelho).

Abri a panela, depois do vapor sair, cortei a perna em fationas grossas e servi, rodeada de batatas fritas.

Apurei o molho e cobri a carne.

Não era um dia de muita inspiração, mas não ficou nada mal. não acham?

domingo, 11 de Janeiro de 2009

Moranga (Abóbora) Caramelada

Lembram-se de eu ter feito a Galinha Gaúcha no intercâmbio culinário com a Talula?
Ela deu-me, como sugestão de acompanhamento, uma moranga caramelada que eu não fiz (aposto que conseguem adivinhar porquê)...
Mas de hoje não passou: foi Domingo de Galinha Gaúcha com Moranga, pois foi!!!
Vamos ver?
A colega AT trouxe-me uma mini abóbora do Algarve.
Ficou logo com o destino marcado...

Comecei por arranjá-la (estou a mentir, quem a arranjou foi a Elsa que hoje esteve no papel de cobaia principal, lol!!!).

Lavou bem a casca da abóbora, descascou-a, limpou-a de sementes e cortou-a ao meio.

Por esse motivo, ao cortar em fatias, ficámos com meias luas grossas, em vez de rodelas como pedia a Talula.

Coloquei no fundo de um tacho e cobri o fundo com água.

Levei ao lume no mínimo.

Por cima, deitei uma chávena de açúcar, espalhando sobre os pedaços de abóbora.

Tapei o tacho, deixando uma pequena abertura.
Passada meia hora, espreitei e verifiquei que a abóbora começava a caramelar, ainda com muita água no fundo do tacho.
Polvilhei, então, com mais um pouco de açúcar e agitei o tacho, sem mexer.

Deixei caramelizar mais um pouco, até desaparecer toda a água e a abóbora ficar com uma bonita cor dourada.

As cobaias gostaram, o que para mim é muito importante... Ah, e eu também!

Beijinhos para Porto Alegre.