domingo, 31 de Maio de 2009

Aveludado de Morangos

Claro que o morango só podia virar rei das nossas cozinhas neste Dia Rosa!
E eu não fugi à regra (esta é uma maneira de dizer que ando com a criatividade em baixo... ou com pouco tempo...).
Dissolvi 2 pacotes de gelatina de morango em meio litro de água muito quente.
Deixei arrefecer.
Coloquei, num tachinho, 1 lata de leite condensado, 3 gemas de ovos e 3 colheres de sopa deMaizena dissolvidas em 2 latas de leite meio gordo (usei como medida a lata de leite condensado).
Misturei muito bem e deixei sobre lume brando até engrossar, mexendo frequentemente.
Deitei esta mistura num pirex e deixei arrefecer.
À parte, bati as 3 claras em castelo e juntei-lhes 4 colheres de sopa de açúcar.
Envolvi bem.
Depois, misturei as claras em castelo com a gelatina e deitei por cima do creme de leite condensado, no pirex.
Leva-se ao frigorifico, até ficar bem frio e consistente, de preferência de um dia para o outro.
Faltaram uns moranguitos para decorar, mas não os coloquei de propósito - é que são vermelhos - e, assim, é a sobremesa pink, mais pink não há...
Um beijinho muito grande à Claudia (inspirei-me no seu Receitas Quotidianas) e outro à criativa Mary...

quinta-feira, 28 de Maio de 2009

Tarte de Morangos

Esta é a minha tarte de morangos preferida...
... para quem gosta de morangos, chocolate e chantilly é fácil de perceber!
Usei uma base de tarte de massa quebrada já preparada.
Foi só tirar da embalagem, desenrolar e forrar a forma.
Coloquei uns feijões sobre a massa e levei ao forno a cozer, durante 15 minutos.
Deixei a massa arrefecer e cobri-a com 150 g de chocolate derretido no micro ondas, misturado com 2 colheres de sopa de natas.
Lavei e escorri bem 1 kg de morangos maduros, mas rijos.
Bati meio litro de natas (menos as 2 colheres de sopa que juntei ao chocolate) e juntei 150 g de açúcar para fazer chantilly.
Coloquei os morangos, cortados às rodelinhas, sobre o chocolate.
Cobri-os com o chantilly e decorei com algumas rodelas de morangos.
Depois polvilhei com 50 g de chocolate ralado.
Levei ao frigorífico umas 3 horas, até ficar bem fria.
Mesmo boa para gulosos (as)...

segunda-feira, 25 de Maio de 2009

Intercâmbio Culinário: Quase, quase... Carreteiro

Dizem que não há uma sem duas, nem duas sem três...
cá estou eu a participar, pela 3ª vez, no Intercâmbio Culinário, com a minha parceira de sempre, a jovem Talula...
Desta vez fiz um Carreteiro, um pouquinho à minha maneira.
É um arroz bem simples e delicioso...


Num tacho, aqueci azeite e fritei 250 g de pá de porco fumada cortada em cubinhos (a receita da Talula pedia 200 g de linguiça calabresa picada).
Juntei 3 dentes de alho picados e 1 cebola roxa grande também picada.
Deixei refogarem um pouco.
Acrescentei 1 chávena de chá de arroz carolino lavado e escorrido, envolvi tudo e deixei fritar por uns 2 minutos.
Reguei com 2 copos de água a ferver, semi tapei o tacho (deixei uma colher de pau entre a tampa e o tacho) e deixei cozinhar em lume brando durante uns 15 minutos.
Rectifiquei o sal.
Retirei do lume, tapei o tacho e esperei mais 2 minutos.
Juntei salsa picada, envolvi e servi.
Eu disse que era quase... quase...
Mas todo bem cheiroso e saboroso!!!!

sexta-feira, 22 de Maio de 2009

Lulas à Americana

Serão mesmo americanas???
Sei lá! Só sei que são muito boas...
Lavei e escorri 6 lulas grandes, arranjadas e cortadas às rodelas.
Num tacho, deitei 1 fio de azeite e alourei as rodelas de lulas.
Juntei 1 cebola grande picada e 2 dentes de alho esmagados.
Deixei cozer um pouco.
Polvilhei com 1 colher de sopa de farinha e envolvi bem.
Depois juntei 1 pacote de polpa de tomate.
Reguei com 1,5 dl de vinho branco e temperei com sal e pimenta.
Tapei o tacho e deixei ferver em lume brando até as rodelas de lulas ficarem macias.
Mesmo no fim, juntei 3 colheres de sopa de natas misturadas com 2 colheres de sopa de wisky e envolvi bem.
Polvilhei com salsa picada.
Acompanhei com as sempre tentadoras batatas fritas.
Claro que 1 arroz branco também caíria muito bem nesta travessa...
Podem escolher, eu deixo!

terça-feira, 19 de Maio de 2009

Massada de Carne

Carne, aqui em casa, nunca é maçada... mas vira massada muitas vezes (lol)!!!
No tacho de barro preto deitei um fio de azeite, 2 dentes de alho esmagados, 1 cebola picada e 2 cenouras às rodelinhas.
Deixei que a cebola estalasse um pouco e juntei cubinhos de lombo de vaca.
Deixei tomar cor.
Temperei com sal, pimenta preta moída, uma pitada de pimentão doce e umas borrifadelas de vinho branco.
Tapei o tacho e deixei que a carne ficasse bem macia.
Juntei 6 salsichas de lata às rodelinhas, uma dúzia de cogumelos frescos cortados em quartos e 2 copos de água.
Quando a água ferveu, juntei 250g de massa de cotovelos, envolvi tudo e deixei cozer durante uns 12 minutos.
Polvilhei com salsa picada e servi quentinho.
É uma massa de Primavera para jantares de dias mais fresquinhos...
Que vos parece???

domingo, 17 de Maio de 2009

Galinha Amarela com Arroz Amarelo

Hoje é o Dia Amarelo!
Obrigada Mary - este é o desafio mais giro e mais criativo de que alguém se poderia lembrar!
Amarelo parece fácil - pudins, bavaroises, ovos, ananás, bananas (só me vinham à cabeça alimentos amarelos, mas eu queria uma coisa diferente!)...
Inspirei-me na Galinha à Portuguesa da SMAS e olhem só o que saíu para o almoço de hoje:
Refoguei, só um bocadinho, 2 cebolas cortadas em meias luas e 3 dentes de alho picados, na panela de pressão.

Juntei 1 colher de chá de caril em pó e 1 colher de chá de açafrão em pó e envolvi .
Juntei metade de uma galinha em pedaços (era uma galinha bem grandona...) e deixei-a alourar de todos os lados.
Acrescentei 3 tomates maduros, limpos de sementes e cortados em pedacinhos.
Depois juntei 1 lata de leite de coco light (400 ml) e envolvi tudo.
Tapei a panela e deixei apitar (a minha não apita, sobe...) e contei 20 minutos.
Deixei sair o vapor, destapei a panela e juntei os ovinhos da galinha.
Deixei apurar um pouco o molho e cozer os ovos.
Entretanto, fiz arroz de açafrão (e viva o AMARELO).
E fizeram óptima companhia, uma ao outro...
E ainda há quem diga mal do amarelo...
pois eu acho que é uma cor maravilhosa!!!

quinta-feira, 14 de Maio de 2009

Arroz de Favas

Lembram-se das favas do Dia Verde?
Sobraram algumas com o respectivo entrecosto e enchidos...
Saíu um belo de um arroz, meio malandrinho!

Só juntei água quente ao molho das favas, deixei ferver, juntei uma chávena de arroz, envolvi tudo (favas , entrecosto e enchidos) e deixei cozer por uns 12 minutos, sem deixar secar.
E assim do muito para 1 e pouco para 2 se fez uma refeição para 3...

segunda-feira, 11 de Maio de 2009

Chocos Suados com Coentros

Fartaram-se de suar, mas não foi a fugir de mim, foi mesmo no tacho...
Desta vez são frescos, limpinhos, mas com um restinho de tinta (senão não tinham graça...).
Coloquei azeite e alhos numa caçarola e deixei aquecer.
Juntei os chocos, polvilhados com umas pedrinhas de sal, uma pitadinha de pimenta rosa e uns salpicos de pimentão doce.
Acompanhei com batatas cozidas com pele e depois peladas.
Tapei a caçarola e deixei-os suar durante 15 minutos.
Destapei, juntei 1 molho de coentros picados e deixei apurar um pouco o molho.
Hoje nem o molhinho escapou...

quinta-feira, 7 de Maio de 2009

Galinha Estufada com Cogumelos na PP

Perco-me por uma bela galinha do campo, ainda mais, se acompanhada por cogumelos...
Na panela de pressão, coloquei 1 fio de azeite, 2 cebolas grandes aos pedaços e 5 dentes de alho esmagados.
Juntei uma galinha do campo, arranjada e cortada aos pedaços e deixei ganhar uma bonita cor dourada, rebolando-a de todos os lados.
Temperei com sal, pimenta preta moída e 1 colher de sopa de massa de pimentão.
Reguei-a com 1 copo de wisky e tapei a panela.
Quando apitou, baixei o lume e contei 30 minutos.
Deixei sair o vapor.
Destapei a panela e juntei à galinha 1 embalagem de cogumelos inteiros (3 variedades).
Juntei também os ovinhos da galinha.
Deixei apurar durante uns 10 minutos.

Vou deixar o acompanhamento ao vosso critério...

segunda-feira, 4 de Maio de 2009

Bolo do Cupido

Eu podia chamar-lhe simplesmente bolo de
amêndoa... mas este nome é uma forma de o tornar ainda mais especial!
É só bater muito bem 500 g de açúcar amarelo com 6 ovos
inteiros.
Depois misturei 250 g de amêndoa moída.
Deitei numa forma untada com margarina e levei a forno pouco quente (150ºC).
Deixei aarrefecer e depois desenformei.
Não ficou como o do Cupido (secalhar deixei cozer demais...), mas ficou fantástico!
Este bolo é daqueles que veio para ficar, mas por pouco tempo, porque todos querem provar...
(e não, não foi esquecimento, a farinha não entra mesmo!).