quinta-feira, 29 de Outubro de 2009

Pargo Assado com Pêras

Inspirei-me no robalo da Natércia, só não consegui usar o mel... mas para a próxima sim, ainda tenho de me preparar psicologicamente para cruzar peixe com mel!

No tabuleiro de barro, coloquei azeite, 3 dentes de alho às rodelas e 1 cebola roxa grande em meias luas.


Por cima desta cama, coloquei 1 pargo decapitado (a cabeça comi-a eu... noutra refeição, claro!).
Introduzi gomos de pera descascada nos cortes do pargo e coloquei mais alguns pelo tabuleiro.


Coloquei a casca das pêras (2) sobre o pargo, preenchi os espaços do tabuleiro com batatinhas, polvilhei com flor de sal e salsa picada e reguei com mais 1 fio de azeite misturado com 1 colher de sopa de molho de soja.


Levei ao forno até as batatinhas ficarem assadas.


Para a próxima coloco o mel, Natércia, ok?

sexta-feira, 23 de Outubro de 2009

Entrecosto com Marmelo e Mel

O Outono chamou por mim...

No tabuleiro de barro coloquei 1 fio de azeite, 3 dentes de alho às rodelas e meio pimento amarelo aos quadrados.

Juntei entrecosto cortado às tiras e intercalei meias luas de marmelo descascado.

Temperei com sal, pimenta, massa de pimentão e 1 copo de vinho branco. Reguei com mel, principalmente em cima dos marmelos.
Espalhei umas nozinhas de banha.

Levei ao forno por cerca de 1 hora.
Acompanhei com batatas cozidas à parte e umas fatias de marmelo.


O cheirinho agridoce cheira até aí?


segunda-feira, 19 de Outubro de 2009

Lulas Recheadas de Coentrada

Quem diria que uma boa crise de preguicite podia resultar numa coisa deliciosa?
Eu ia grelhar as lulas, como costumo fazer, mas a ideia de limpar o grelhador no fim... tirou-me a vontadinha toda!
Primeiro arranjei as lulas e recheei-as com um rolinho de queijo e fiambre.
Prendi com 1 palito.


Num tacho coloquei azeite e 2 dentes de alho cortados às rodelinhas.


Deixei o azeite aquecer e juntei 6 lulas recheadas.


Juntei também meio pimento amarelo, cortado às tirinhas e um raminho de coentros.


Tapei o tacho e deixei suar, em lume brando, durante uns 25 minutos.


Juntei mais um molhinho de coentros e deixei o molho apurar um pouco.
À parte cozi batatas descascadas e cortadas aos quartos.


Servi, num prato fundo, com as batatas escorridas e mergulhadas no molho das lulas.


Ficaram bem apetitosas estas meninas...


sexta-feira, 16 de Outubro de 2009

Arroz Camponês

Hoje senti um vento fresquinho a puxar pelo Outono...
Será que foi só imaginação?
No tacho de barro, coloquei 1 fio de azeite, 2 dentes de alho picados e uns cubinhos de bacon. Deixei fritar um pouco.

Juntei 1 cebola, cortada às rodelas fininhas.

Quando a cebola murchou, juntei 1 cenoura grande às rodelinhas e 300 g de carne de vaca aos cubos.

Adicionei 1 chávena de feijão branco cozido, 1 chávena de arroz e 2 de água.

Tapei o tacho e deixei ferver, baixei o lume e deixei cozer durante uns 15 minutos, sem deixar secar.

Um passarinho disse-me que para a semana chega a chuva...

Será???!!!


terça-feira, 13 de Outubro de 2009

Bolo de Ananás

O meu pai fez anos no Domingo... fiz este bolo com muito carinho e pouca habilidade...
Ele próprio (o bolo) queria participar no Dia Negro (é só olhar para a foto que percebem!).
Comecei por barrar uma forma com caramelo e colocar sobre ele 7 rodelas de ananás.

Com a batedeira, misturei 4 gemas de ovos com 2 chávenas de chá cheias de açúcar, até conseguir um creme liso e esbranquiçado.
Juntei 1 chávena do sumo de ananás e misturei bem.
Em seguida, com a colher de pau, juntei 2 chávenas de farinha misturadas com 1 colher de café cheia de fermento, alternando com as 4 claras em castelo.
Envolvi muito bem, até a massa fazer bolhinhas.



Deitei a massa sobre as fatias de ananás e levei ao forno durante uns 45 minutos.


Desenformei depois de frio e nem vale a pena dizer muito mais.
O resultado está lá mais acima...

O sabor, a textura e a companhia estavam 5 *...


sábado, 10 de Outubro de 2009

Frango com Berbigão

Hoje não me apeteceram ameijoas congeladas...
Como não havia frescas na peixaria, usei berbigão!

Temperei 3 peitos de frango, partidos aos cubinhos, com sal, 1 colher de sopa de massa de pimentão, 1 folha de louro e 1 copo de vinho branco,
Deixei marinar umas 2 horas.
No tacho de barro coloquei 1 fio de azeite, 2 dentes de alho esmagados e 50 g de bacon às tirinhas.
Juntei também 1 cebola roxa cortada em meias luas.


Quando a cebola murchou e o bacon fritou, juntei meio pimento vermelho aos pedacinhos.


Juntei os cubinhos de frango, escorridos da marinada, e deixei que fritassem um pouco.
Depois juntei a marinada e envolvi tudo.


Baixei o lume, tapei o tacho e deixei cozer durante uns 15 minutos.
Junte 1 kg de berbigão (que estiveram de molho em água e sal para deixarem a areia), mexi, tapei de novo o tacho e deixei sobre o lume até os berbigões abrirem.
Juntei ainda 1 raminho de coentros picados.
Acompanhei com batatas fritas.


Os «malvados» berbigões resolveram soltar-se, quase todos, das cascas...
mas o sabor compensou!


quarta-feira, 7 de Outubro de 2009

Gratinado de Carne

É gratinado ou escondidinho?
Para mim, foi uma forma de despachar umas sobras de carne assada que teimavam em não desaparecer do frigorífico...

Untei uma assadeira com azeite e coloquei 1 cebola roxa em fatias e alguns dentes de alho picados.

Por cima coloquei batatas cozidas também em fatias.

Polvilhei-as com sal fino e juntei umas folhas de tomilho-limão.

Depois coloquei umas fatias de carne assada (sobras) cortada em cubinhos.

Acrescentei cogumelos frescos fatiados.

Por cima, espalhei 1 pacote de 200 g de natas de cogumelos Porcini Parmalat e polvilhei com pão ralado.

Polvilhei com sal fino e pimenta preta moída na altura.

Levei ao forno uns 20 minutos.

Acompanhei com salada verde.

Nada mau, para quem não gosta muito de carne assada aquecida...


segunda-feira, 5 de Outubro de 2009

Pescadinhas de Rabo na Boca

Almoço típico de sábado...não tem nada que saber!

Já as trouxe arranjadinhas, com o rabo na boca, da peixaria da Maria.
Foi só salpicar com umas pedrinhas de sal e esperar cerca de meia hora.


Depois, passei-as por farinha de milho e fritei em óleo bem quente, dos dois lados.


Entretanto, fez-se o arroz: alho picado, miolo de camarão. cubinhos de tomate, tirinhas de pimento e coentros picados.


Junta-se o arroz, mexidela nele e junta-se a água quente necessária até ficar bem cozido.


E já está!
Sai um almocinho bem à moda da minha mãe...


sexta-feira, 2 de Outubro de 2009

Meia Pá de Porco na PP

A panela de pressão é uma boa amiga na cozinha...

Comprei uma pá de porco, mas pedi que ma cortassem ao meio e só preparei uma das partes.

Temperei a carne com sal e pimenta vermelha moída na altura.

Deixei descansar 2 horas.

Na panela de pressão, coloquei azeite e, quando ficou bem quente, rebolei a carne de todos os lados, até ficar com uma cor bem bonita.

Salpiquei com colorau, coloquei 1 folha de louro partida ao meio sobre a carne, juntei 1 dente de alho picado e 1 cebola roxa cortada em gomos.

Reguei com 1 copo de vinho branco e meio de água e tapei a panela.

Contei 30 minutos depois de apitar e apaguei o lume.

Entretanto cozi batatinhas e escorri-as.

Salteei-as em azeite quente, salpicadas com sal e colorau.

Apaguei o lume e deixei sair a pressão da panela.

Destapei, retirei a carne e partia-a em fatias.

Para além das batatinhas salteadas apareceu um outro companheiro que foi muito bem recebido...

Parece-vos bem? Por aqui não houve reclamações...