domingo, 29 de Novembro de 2009

Dourada e Robalo Assados em Crosta de Mel

Desta vez ganhei coragem para usar mel no peixe assado...
Usei
mel de medronho!

Não me arrependi: o resultado foi muito melhor do que eu esperava...

Arranjei 1 robalo e 1 dourada e coloquei-os, bem juntinhos, num tabuleiro untado de azeite.

Salpiquei-os com flor de sal e dei-lhes 1 golpe em cruz, nos lombos, onde introduzi uma fatia de presunto bem enroladinha.

Coloquei 2 gomos de pera descascada na barriga de cada peixe, assim como 1 dente de alho esmagado.

Em volta dos peixes coloquei batatas descascadas e cortadas às rodelas, reguei tudo com 1 fio de azeite, polvilhei com alhos picados e salpiquei com flor de sal e umas pitadas de paprika.

Por fim, reguei os peixes com 1 fio de mel de medronho, formando uma fina camada sobre a pele dos mesmos.

Levei ao forno quente.

Retirei do forno quando as rodelas de batata ficaram assadas.

Salpiquei com salsa picada (só o robalinho que era para mim...).


Este é o que eu chamo de almoço de sábado mais que perfeito!!!!

quarta-feira, 25 de Novembro de 2009

Açorda de Míscaros do Luís

É o ElePontes quem me faz sair da rotina na cozinha, que me põe a experimentar coisas novas ou diferentes... e a pensar também...
Vejam lá a delícia desta açorda!


Primeiro foi a árdua tarefa de retirar a areia aos míscaros sem usar água.

É melhor irem espreitar os conselhos do Luís... eu confesso que tive algumas (grandes) dificuldades.

Só arranjei um pouco menos de 500 gramas dos ditos cujos.

Coloquei azeite e dentes de alho picados, num tacho, e deixei aquecer.

Juntei os míscaros, cortados em pedacinhos e deixei uns 5 minutos sobre lume brando.

Entretanto, fui fritando linguados, cortados às postas, temperados com flor de sal e passados por farinha.

Retirei os míscaros com a ajuda de uma escumadeira e juntei ao azeite e liquido deixado pelos mesmos, 1 pão de Mafra (da véspera), cortado às fatias, embebidas em água e espremidas e envolvi com 1 colher de pau.

Fui mexendo até obter uma açorda lisinha e bem ligada.

Juntei 1 molhinho de coentros frescos picados e os pedacinhos de míscaros.

Acompanhamento perfeito para quem gosta de cogumelos, como eu...

domingo, 22 de Novembro de 2009

Pudim Bomba Dourado

Ontem o R fez 11 anos...
E quando o R faz anos a E faz este pudim a que chama Dourado e eu de Bomba!
Já vão perceber porquê...

Começa por bater 10 ovos inteiros com 15 gemas (é por isto que lhe chamo de bomba...).

Depois junta 250 g de açúcar e bate bem com a batedeira até conseguir um creme bem lisinho.

Junta, então, meio litro de molho Béchamel (pode ser de pacote, se forem preguiçosos!!!) e envolve muito bem.

Coloca numa forma untada com caramelo e vai ao forno, em banho maria, durante 1 hora e 15 minutos.

E então? Não é uma surpresa de pudim? Ainda dá para tentar adivinhar os ingredientes: ninguém acerta no nº de ovos nem no Béchamel... lol!


quinta-feira, 19 de Novembro de 2009

Pescada da Avó Maria

A pescada está a deixar de ser «personna non grata» aqui em casa...
Escolhi postas de pescada para fritar, abertas, e temperei-as com sal e pimenta.
Num tacho baixinho, deitei 1 fio de azeite, alhos picados e cubinhos de bacon.
Deixei-os alourar, sem fritar.
Juntei as postas de pescada e deixei-as tomar cor dos 2 lados.
Reguei a pescada com o sumo de 1 limão e tapei o tacho com a tampa.
Deixei cozinhar, em lume brando, durante 10 minutos.
Acompanhei com arroz selvagem e milho doce (de lata).

Bem simples para um jantar de dia da semana daqueles bem compridos, não???


domingo, 15 de Novembro de 2009

Lombo Recheado com Crosta de Mel

Esta semana, para mim, foi Natal!
É que Natal é quando 1 homem quiser e o amigo ElePontes quis...
Recebi 1 frasco de mel de medronho, dourado e amargo, mas que foi uma surpresa bem doce...

A ideia era experimentar num peixinho assado, mas ontem, na Maria, só havia pargos bonitos e eu não estava afim...

Um pedaço de lombo (com osso - o sr. João teima em não me desossar os lombos porque, segundo ele, ficam muito mais saborosos...).

Dei dois cortes profundos no lombo, sem separar.

Salpiquei o lombo, por fora e dentro dos cortes, com flor de sal.

Em cada um dos cortes, introduzi um rolinho feito com uma fatia de presunto e outra de queijo flamengo.

Prendi com palitos.

Coloquei num tabuleiro de barro, untado com azeite, coloquei umas nozinhas de banha sobre o lombo, rodeei com batatinhas, metades de cebola roxa e rodelas de cenoura.

Salpiquei com flor de sal e temperei com 1 copo de vinho branco.

Finalmente reguei com 3 colheres de sopa de mel de medronho.

Levei ao forno quente, durante cerca de 1 hora e meia.

O resultado foi 5 *...

Luis, pode chamar-lhe amargo, mas o cheirinho pela casa e o clima do almoço, foi bem docinho!!!

Obrigada!

quinta-feira, 12 de Novembro de 2009

Lombinho com Castanhas e Cogumelos no Barro Preto

Novembro é o mês das castanhas!

Cortei 2 lombinhos de porco às rodelas grossas e temperei com sal, pimenta, alhos picados e 1 colher de sopa de massa de pimentão.

Reguei com 1 copo de vinho branco.

Coloquei no tacho de barro preto, com 1 fio de azeite e esperei umas 2 horas.

Levei ao lume, durante uns minutos e juntei 400 g de castanhas congeladas.

Deixei cozinhar em lume brando.

Juntei 1 lata de cogumelos (não tinha frescos) e deixei apurar por mais 10 minutos.

Não fosse o frio que está lá fora e eu diria que o São Martinho voltou...

domingo, 8 de Novembro de 2009

Molotov

Este pudim, aparentemente tão simples, tinha a mania de não sair bem...
Agora sigo sempre a receita da Nanda!
Ainda não fica perfeito, mas, pelo menos, já não fico sem sobremesa...
Bati 10 claras (tinha congeladas) em castelo bem firme.
Juntei 1 colher de açúcar por cada clara, misturando bem entre cada uma.
Acrescentei 2 colheres de sopa de caramelo e envolvi bem.
Barrei uma forma com caramelo e coloquei o preparado às colheradas, calcando para não ficarem buracos.
Levei ao forno aquecido (180ºC) durante 15 minutos.
Quando ficou pronto, deixei-o arrefecer dentro do forno, com a porta entreaberta.
Finalmente desenformei.

Perfeito, perfeito, não ficou...

Mas deu para encher os olhos e as barrigas dos gulosos!




quarta-feira, 4 de Novembro de 2009

Espetadas de Garoupa e Salmão

Vi-as e namorei-as no Corte Inglês...
Não são difíceis de fazer e dão uma boa surpresa de sabores!!!
Cortei lombos de salmão e de garoupa em cubos e foi só alternar nos pauzinhos.
Salpiquei as espetadas com flor de sal.

Pensei grelhá-las, mas não foi o que fiz.

Passei-as pela frigideira com azeite e alhos picados, de todos os lados.

Servi com as malvadas fritinhas, pois foi...

Adorei a mistura de sabores...

Para a próxima experimento grelhadas!

domingo, 1 de Novembro de 2009

Costeletas à Bruxa

Esta é a noite das Bruxas, será???
Fiz estas costeletas para as assustar, mas as senhoras não apareceram...

Numa frigideira coloquei um fio de azeite e 2 colheres de sopa de banha.
Quando ficaram quentes, juntei 3 costeletas temperadas com flor de sal, pimenta e alhos laminados.


Deixei fritar dos dois lados e juntei uma duzia de cogumelos frescos cortados às fatias.


À parte, cozi esparguete preto em água e sal, durante 10 minutos.
Escorri-o bem e servi com as costeletas fritas.


Ouvi a campainha da porta...
Não, não eram as bruxas, eram 3 vampiros:
«Doçuras ou travessuras?»