domingo, 30 de Outubro de 2011

Saladinha de Lula

Esta saladinha foi só para mim... e que bem nos demos as duas!!!


Comecei por grelhar uma lula grandona.
Deixei-a arrefecer, assim como 2 batatas cozidas cortadas em pedaços.


Coloquei os pedaços de batata no fundo de uma tacinha individual.


Juntei a lula grelhada cortada em anéis, meia dúzia de tomates cereja cortados ao meio e uma cebolinha picada.
Temperei com sal, azeite e vinagre e polvilhei com salsa cortada (com a tesoura).


Digam lá que não faz lembrar o Verão?
Aquele mesmo que acabou de partir para voltar daqui a duas semanas, vestido de São Martinho.

sexta-feira, 28 de Outubro de 2011

Garoupa no Forno

Acho que já disse que garoupa é dos meus peixes preferidos (lol!!! a verdade é que tenho muitos preferidos).
Esta foi previamente decapitada pela Maria e a respectiva cabeça foi simplesmente cozida. 


Temperei a garoupa com sal, por dentro e por fora.
Cozi batatas com casca por 5 minutos,depois da água ferver.
Deitei a garoupa num tabuleiro com o fundo coberto de azeite.
Introduzi pedaços de bacon nos golpes do dorso, um dente de alho esmagado e duas rodelas de chouriço dentro da barriga, assim como sobre o próprio peixe.
Rodeei a garoupa com as batatas, salpicadas com sal.
Reguei tudo com um fio de azeite, 1 copo de vinho branco e salpiquei com pozinhos de pimentão doce e de pimenta moída.


Levei ao forno por cerca de 25 minutos.


A gordura das rodelas de chouriço e do bacon derreteram, dando um sabor e um aroma de fumeiro bem agradáveis...

quinta-feira, 27 de Outubro de 2011

Bifes com Presunto e Ovo

Por aqui, um bife destes com ovo e batatas fritas, ao jantar, desperta sempre um happy end do dia, mesmo quando este parece bem longo...


Temperei bifes de vaca com sal, pimenta preta e dentes de alho laminados.
Fritei-os, dos 2 lados, em azeite quente.


Sobre cada um deles coloquei uma fatia de presunto.
Virei-os, cuidadosamente, para que o presunto fritasse ligeiramente.


Retirei-os da frigideira e, no mesmo azeite, estrelei ovos que coloquei sobre cada um dos bifes.
Acompanhei com batatas fritas, em azeite, que são a companhia perfeita para qualquer bife.


Até o ovo estrelado, só para chamar a atenção, resolveu aparecer com uma borbulha...

quarta-feira, 26 de Outubro de 2011

Coelho com Grão (Trilogia 51)

Se hoje é quarta-feira, é dia de trilogia (já a 51)...
Quando o Amândio disse coelho, para o Luís e eu saltarmos, eu pensei logo que iria fazer um coelho bem diferente dos que tenho feito.
E não é que foi mesmo? 
Saiu um coelho com grão por estas bandas.


Temperei um coelho, cortado em pedaços, com sal, pimenta moída e dentes de alho laminados. Deitei brandy e vinho branco quase até cobrir.

Deixei no frigorífico de um dia para o outro.


Salteei os pedaços de coelho em azeite, numa frigideira.

Juntei 2 cebolas em rodelas, meio pimento amarelo e os dentes de alho da marinada.
Deixei cozinhar uns minutos sobre lume brando.


Juntei então 2 folhas de louro, 2 colheres de chá de pimentão doce e o liquido da marinada.
Acrescentei 50 g de sultanas e 1 copo de água.
Deixei levantar fervura e ficou tapado por cerca de 1 hora em lume brando.


Escorri o grão de uma lata grande (cerca de 800g) e juntei-o ao coelho 10 minutos antes de terminar.


Salpiquei abundantemente com salsa picada.


Pode dizer-se que ficou um coelho grão-trilógico...

sábado, 22 de Outubro de 2011

Peitos de Frango com Recheio de Ananás e Farinheira

Na última trilogia, o Amândio do Garficopo apareceu com um recheio que me deixou de pulga atrás da orelha...
Claro que não poderia demorar muito tempo a tirar-lhe a prova dos nove!!!!


Cozi uma farinheira, escorri-a, deixei arrefecer e tirei-lhe a pele.
Misturei-a com 3 rodelas de ananás (de lata) esmagadas com um garfo.
Liguei a mistura com 2 colheres de sopa de mel (de rosmaninho).


Com a ajuda de uma faca de lâmina larga escavei uma espécie de túnel ao longo do interior de 3 peitos de frango.
Alarguei, introduzindo o dedo indicador.
Enchi essas cavidades com o recheio.
Levei-os ao lume, num tacho com o fundo coberto de azeite e uma cebola em meias luas.
Deixei-os rebolar no azeite quente para tomarem cor de todos os lados.
Salpiquei-os com sal e pimenta.
Juntei, então, uma mão cheia de ervilhas congeladas, 2 cenouras em rodelas e alguns cogumelos frescos inteiros.
Reguei-os com 1 chávena de café de sumo de ananás e outra de água.


Deixei, sobre lume brando, com o tacho tapado, durante uns 15 minutos.
Destapei e deixei que o molho apurasse.
A acompanhar havia umas batatas fritas em azeite.


Este recheio ficou um espectáculo.
Se tivesse que lhe dar nota, seriam 5 estrelas!


sexta-feira, 21 de Outubro de 2011

Bifes com Cogumelos e Tomilho Limão

Nem sempre, nas sextas, ao jantar a imaginação impera...
Hoje foi um dia desses! 


Temperei os bifes com sal, pimenta preta moída e dentes de alho laminados.
Esperei uns 10 minutos e fritei-os, dos dois lados, em azeite quente.
Nos últimos minutos, juntei uns cogumelos frescos fatiados, deixei apurar o molho que se formou e salpiquei com folhinhas de tomilho limão.

Não há mais fotos, que do acompanhamento não reza a história...
Foi um esparguete cozido com água e sal, mas poderiam ter sido umas batatinhas fritas!


quarta-feira, 19 de Outubro de 2011

Lombinho de Porco Agridoce (Trilogia 50)

Chegámos à 50ª semana de trilogia, o Amândio, o Luís e eu, com o tema agridoce.
É uma trilogia de ouro esta, ditada pelo Luís!!!


Arranjei um lombinho de porco, limpando-o das maiores e mais visíveis gorduras.


Depois coloquei-os meia hora no congelador para ser mais fácil cortá-lo em fatias de, mais ou menos, 1 cm de espessura. 


Temperei as fatias com um pouco de sal e 4 colheres de sopa de molho de soja.
Envolvi-as bem e deixei a tomarem gosto por cerca de meia hora.
Passei as fatias de carne por farinha e sacudi o excesso.
Fritei-as, em lume moderado, numa frigideira com 4 colheres de sopa de azeite.
Juntei 2 colheres de sopa de popa de tomate, 2 colheres de sopa de vinagre, meia chávena de café de açúcar mascavado e uma chávena de chá de água (se usarem ananás de lata pode e deve ser 1 chávena de sumo de ananás em vez de água).


Cobri a frigideira com uma tampa e deixei-a sobre lume brando durante 10 minutos.
Então juntei cubos de ananás fresco e tiras de meio pimento verde.
Deixei no lume mais 10 minutos.
Com o tacho destapado deixei que o molho apurasse.
Rectifiquei o sal.


Servi numa coroa de arroz branco.


O aspecto não ficou por aí além, confesso...
O sabor sim... 5 estrelas!

segunda-feira, 17 de Outubro de 2011

Lulas Recheadas e Grelhadas

Já disse outras vezes que gosto de rechear as lulas, mesmo quando são apenas grelhadas.
As minhas preferidas são estas, mas variar é preciso...
Nestas troquei o fiambre por bacon... 


Dobrei fatias de queijo flamengo, primeiro em 3 (longitudinalmente) e depois ao meio.
Cortei bacon em pedaços.
Dentro de cada lula introduzi seguindo esta ordem:
- 1 pedaço de bacon
-1 fatia de queijo dobrada
- 1 pedaço de bacon.


Fechei as lulas com um palito e coloquei-as no grelhador.


Deixei grelhar bem dos dois lados.


Retirei-as e reguei-as com um fio de azeite.
Salpiquei-as com tomilho limão.
Acompanhei-as com batatas fritas.


Aceitam-se inscrições para a limpeza do grelhador...
O queijo derreteu, escapou-se e colou...
lol!

sexta-feira, 14 de Outubro de 2011

Dourados de Salmão

2 lombos de salmão deram para um ror de douradinhos bem crocantes e estaladiços...


Cortei os 2 lombos de salmão em tiras.
Temperei-as com sal, pimenta preta moída, dentes de alhos laminados e o sumo de 1 limão.
Deixei ficar assim por mais ou menos 1 hora.


Enxuguei as tiras de salmão, passei-as por ovo batido e depois por farinha de milho grossa.
Fritei-as em azeite bem quente, até dourarem de todos os lados.
Escorri-as sobre papel absorvente.


Foram acompanhadas por batatinhas novas, cozidas com pele e umas rodelas de limão.
Também havia salada de alface.


Estes estavam bem melhores que os de qualquer capitão habituado a fazer douradinhos...

quarta-feira, 12 de Outubro de 2011

Filetes com Molho de Amêndoas (Trilogia 49)

Fui eu mesma quem propôs os filetes ao Amândio e ao Luís.
Os meus até parecem um prolongamento da semana anterior, mas quando andei a preparar o tema das amêndoas encontrei estes filetes  que me deixaram de pulga atrás da orelha...


Comprei uma pescada grandona de quase 3 Kg e cortei-lhe a cabeça e o rabo para cozer.


Com o centro fiz 6 filetes grossos.
Tirei-lhes a pele.
Usei apenas 3 e congelei os outros.


Temperei os filetes com sal, pimenta moída e dentes de alho laminados.
Reguei-os com o sumo de 2 limas.
Deixei-os descansar durante 2 horas.
Depois enxuguei-os, passei-os em leite frio e, em seguida, por farinha.
Numa frigideira, aqueci 2 colheres de sopa de manteiga e 1 colher de óleo.
Alourei os filetes dos 2 lados.
Retirei-os, escorri-os e coloquei-os num tabuleiro.


Na mesma gordura quente de alourar os filetes, juntei mais 1 colher de sopa de manteiga.
Nela, alourei 100 g de amêndoas laminadas.


Numa tigela, deitei 2 gemas de ovos com 1 ovo inteiro e misturei.
Juntei, aos poucos, as amêndoas alouradas e a gordura em que fritaram, batendo bem com um batedor de varas de arame.
Temperei o molho com umas pedrinhas de sal e um arzinho de pimenta.
Espalhei o molho sobre os filetes.


Levei cerca de 10 minutos ao forno.


Acompanhei com arroz de ervilhas e umas rodelas de lima que serviram para borrifar os filetes, já no prato. 


Os borrifos de lima, no prato, parecem um pormenor, mas acreditem que fazem toda a diferença...
E para a semana entraremos na era dos 50...  está mesmo crescida a nossa trilogia!

domingo, 9 de Outubro de 2011

Peito de Peru com Alho Francês

Esta foi uma tentativa  bem sucedida de tornar  o peito de peru, assado no forno, numa carne menos seca e mais saborosa...


Deixei um peito de peru,  inteiro e com pele, toda a noite numa marinada de vinho branco com sal, pimenta preta moída, pimentão doce em pó e alhos laminados.
No dia, dei uns cortes no peito de peru e introduzi neles rodelas de alho francês.
Coloquei-o no tabuleiro de barro, sobre tiras de alho francês , juntei o liquido da marinada e reguei com um fio de azeite.


Levei ao forno até assar, durante cerca de 2 horas.
Virei a carne a meio do tempo, reguei-a com o molho e juntei batatas às rodelas.
Servi a carne cortada em fatias.


O alho francês enriqueceu o molho de aromas e sabor!

sábado, 8 de Outubro de 2011

Costeletas Panadas

Ouvi falar em panados e as costeletas já não quiseram ser simplesmente grelhadas como era suposto...


Temperei as costeletas de porco com sal, pimenta preta moída , sumo de meio limão e dentes de alho laminados.
Deixei-as assim por 2 horas.
Dei-lhes então umas pancadas com o martelo dos bifes, de modo a que os temperos penetrassem na carne e as costeletas ficassem mais espalmadas.


Passei-as por ovo batido e depois por pão ralado.
Fritei-as, dos 2 lados, em azeite bem quente.


Escorri-as sobre papel absorvente.
Acompanhei-as com batatas fritas, rodelas de limão e salada de alface.


Obrigada à inspiração dos panados...
Ficou um jantar de sexta feira bem mais delicioso!