terça-feira, 2 de setembro de 2008

Cubinhos de Frango no Barro Preto

Finalmente o tacho de barro preto!
Mas dizem que não há bela sem senão... o senhor tacho revelou-se um tachinho (é mais pequenito do que me pareceu...).

No tacho de barro preto, coloquei 1 fio de azeite e 3 dentes de alho picados.

Juntei 6 rodelas de chouriço cortadas ao meio e 2 peitos de frango grandes cortados aos cubos.

Temperei com sal, pimenta preta, uma colher de sopa de paprika, uma folha de louro e reguei com meio copo de brandy.

Tapei o tacho e deixei sobre lume brando durante 15 minutos.

Juntei uma embalagem de cogumelos shitake frescos inteiros.

Deixei sobre lume brando mais 5 minutos, com o tacho tapado.

Quando estava bem apurado, servi com arroz branco e com este vinho fantástico, a fazer-nos pensar no Eça de Queiroz e em «A Cidade e as Serras».

E que tal? Acham que se mereceram?

21 comentários:

  1. olá Anna, só podem ter-se merecido! Tem um óptimo aspecto, acho que vou experimentar o meu tacho, no próximo fim-de-semana; agora o Tormes não tenho, mas também não deve ir mal com um Alvarinho, não achas? :) Bjs.

    ResponderEliminar
  2. O tacho de barro é mesmo uma beleza... e o conteúdo não ficou atrás :)

    ResponderEliminar
  3. Anna gostei muito mas não tenho nenhum tacho preto!Não pode ser outro tacho...um bjo Natércia...

    ResponderEliminar
  4. eu já andava curiosa para ver o que ia sair desse tacho de barro preto.
    e fiquei muito saisfeita com o que vi.. fiquei satisfeita e cheia de fome também.
    espero que tenhas tido um bom regresso ao trabalho.
    beijocas

    ResponderEliminar
  5. Eu acho que a comida fica uma maravilha quando feita em tachos de barro ou de ferro. Parece que os aromas e sabores se acentuam. Eu tenho uma panela de barro em casa e preciso colocá-lo em uso novamente. Abraços.

    ResponderEliminar
  6. Gostei de vêr o tacho de barro preto:)))Claro a receita está óptima.Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Bela estreia para o tacho. Imagino que ele tenha ficado todo contente. Já vi o Tormes à venda mas nunca provei.

    ResponderEliminar
  8. Amei esse franguinho nessa panela de barro. Minha avó fazia pratos deliciosos com panelas de barro e ela era filha de portugeses.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  9. Aposto que esse franguinho ainda ficou melhor feito nesse tachinho :)
    Beijinho

    ResponderEliminar
  10. Anna está uma maravilha!!!Boa cozinheira:))Um beijinho Vitor:-))

    ResponderEliminar
  11. Anna o tacho é lindo!!! e a comidinha feita no dito deve ter ficado de crescer água na boca.

    bjinhos

    ResponderEliminar
  12. Lindos cogumelos. Adorei o tacho de barro...

    ResponderEliminar
  13. Anna para mim ficou uma maravilha!!!Um beijo Marcos:))

    ResponderEliminar
  14. ai não que não se merecem!!! até eu não me importava nada de merecer os dois!!!!

    bjks

    ResponderEliminar
  15. Barro preto, não conhecia! Aqui so barro vermelho... PElo aspecto do teu frango fiquei convencida que o barro preto é muito bom mesmo. Parabens!
    Beijinhos
    Nanda

    ResponderEliminar
  16. Acho esses tachos o máximo. Esses cubinhos de frango com cogumelos estão de fazer crescer água na boca!

    ResponderEliminar
  17. que belo tacho,que boa receita,claro que receita tacho e vinho se merecem como tu mereces tudo....
    mil beijos linda

    ResponderEliminar
  18. A combinação está perfeita e o meu apetite intensificou-se, vai-se lá saber porquê LOL

    Ficou mesmo uma delicia :-P

    Bjokas**

    ResponderEliminar
  19. Eu adoro esse tipo de tacho, tenho também um gosto especial por panelas de três pés mas não são muito práticas para cozinhar, pelo menos nas cozinhas de hoje em dia.
    O frango cozinhado aí, deve ter ficado muito bom e acompanhado desse vinho ainda melhor.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  20. Em primeiro lugar, o tacho é lindíssimo! Muito original e rústico! :o) Em segundo lugar, o frango com esses cogumelos está com um aspecto delicioso! Bem grandalhões, os cogumelos! Nham!!! :o)

    Beijos!

    ResponderEliminar

Bem vindos(as)!
Obrigada pela visita e também pelo comentário.