quarta-feira, 2 de Janeiro de 2013

Lombinho em Massa Folhada (Trilogia 113)

Entrámos em 2013 e é a 113ª semana em que os 3 (Amândio, Luís e eu) levamos a bom porto esta trilogia, desta vez com o tema massa folhada.


Temperei um lombinho de porco com sal, pimenta preta moída, dentes de alho laminados e folhas de louro partidas.
Deixei descansar por cerca de 2 horas.
Levei-o ao forno quente, num tabuleiro untado com azeite, por uns 25 minutos.
Retirei-o do forno e deixei-o arrefecer.


Entretanto, cozi uma farinheira em água (sem sal) durante uns 5 minutos.
Quando arrefeceu. tirei-lhe a pele e desfiz o seu interior com a ajuda de um garfo.
Dispus o miolo da farinheira sobre o centro duma placa de massa folhada, mais ou menos no comprimento do lombinho.


Sobre esta cama de farinheira coloquei o lombinho assado e já frio.


Fechei a placa de massa em volta do lombinho e farinheira, acertando as extremidades com uma faca e...


... calcando bem com um garfo para fechar bem.


Levei ao forno cerca de 15 minutos, espreitando para não deixar a massa queimar.


Tirei do forno e, com um pincel, espalhei uma gema de ovo batida.
Levei novamente ao forno mais 5 minutos, só para a gema cozer e ficar brilhante.


Cortei o rolo em fatias com a ajuda de uma faca elétrica.
Acompanhei com batatas salteadas, cubos de ananás e uma salada de alface.


Ficou muito bom, tenro e saboroso, para além de nada mal passado...
Desapareceu todinho no 1º combate...


6 comentários:

  1. Gostei bastante desta tua sugestão, que delicioso aspecto!

    ResponderEliminar
  2. Bem engraçada esta versão bem portuguesa do velho bife Wellington, com o lombinho em vez da vitela e a farinheira em vez do paté.
    Boa criação!

    ResponderEliminar
  3. Parece facil de fazer , vou tentar , boa semana para vc , até mais

    ResponderEliminar
  4. Também eu faço um naco de carne envolvido em massa tenra só não leva farinheira né?'' ai,ai o colestrol beijinhos

    ResponderEliminar

Bem vindos(as)!
Obrigada pela visita e também pelo comentário.