sábado, 8 de setembro de 2007

Caldeirada

Cá em casa, sábado é, muitas vezes, sinónimo de caldeirada...
Hoje não foi excepção!



Arranje 1,5 kg de peixes variados (tamboril, raia, cação, 1 posta aberta de safio - só 1 e da zona da barriga porque são as que não têm aquelas espinhas horrorosas... ), retirando as espinhas maiores e partindo aos pedaços grandes.


Corte 800 g de batatas às rodelas assim como 3 tomates e 4 cebolas grandes.

Corte também meio pimento verde e meio pimento vermelho às tirinhas.

Pique 5 dentes de alho.

Num tacho grande, fora do lume disponha:

- uma camada de ameijoas;

- uma camada de rodelas de cebola;

- polvilha-se com salsa picada e alhos picados;

- uma camada de rodelas de batata;

- uma camada de peixe e algumas tirinhas de choco limpas;

- cobre-se com tomate, mais cebola, salsa picada e tiras de pimento verde e vermelho;

- rega-se com azeite, 1 copo de vinho branco e tempera-se de sal e pimenta, 1 folha de louro e colorau.


Repetem-se as camadas até acabar os ingredientes (com estas quantidades dá para mais uma vez).

No topo, colocam-se uns camarões descascados e mais salsa aos bocadinhos.

Coloca-se o tacho sobre lume forte até iniciar a fervura, depois reduz-se e deixa-se cozinhar tapado.

Nota: nunca se mexe, se necessário agita-se o tacho cuidadosamente...
Já está!
Até para quem não gosta de peixe, o cheirinho é um consolo...

28 comentários:

  1. Anna,
    essa caldeirada e esse camarões do post anterior me fizeram sonhar, rsrs
    Adoro frutos do mar, peixes e afins... e seus pratos, além de lindos devem ser deliciosos mesmo! O capricho é perceptivel =)
    bjo querida!

    ResponderEliminar
  2. Anna isso é o que se pode chamar duma caldeirada,fantástica adorei.um bjs Natércia...

    ResponderEliminar
  3. Ana a sua caldeirada estava de se tirar o chapeu cá em casa tambem é um prato muito apreciado.

    ResponderEliminar
  4. e posso servir-me??pois e dos pratos que mais gosto de comer e de fazer.........
    milbeijos

    ResponderEliminar
  5. tamboril, raia e cação...
    o trio obrigatório.às vezes uns ruivos (não são grande coisa, mas são bonitos).
    Bela Caldeirada.

    ResponderEliminar
  6. Que bonito prato, e substancioso, com certeza!
    Beijinhos,

    ResponderEliminar
  7. k maravilha anna sabe sempre bem uma boa caldeirada...bjokaas

    ResponderEliminar
  8. Eu simplesmente adorei o tacho. No dia que for a Portugal vou trazer um na sacola.

    ResponderEliminar
  9. Anna esses é um dos pratos favoritos!Gostei da ideia dos camorões no final.
    Bjitos.

    ResponderEliminar
  10. Em minha casa o Sábado tb é sinónimo de peixe, essa caldeirada é uma óptima sugestão.

    ResponderEliminar
  11. Cá em casa peixe é connosco mesmo.

    Parece deliciosa.

    Bjo

    ** As formas das Vieiras, comprei numa loja de loiças e realmente fazem um prato muito agradevél primeiro á vista e depois ao paladar, porque é simples e delicioso.

    ResponderEliminar
  12. Anna, este prato é realmente uma maravilha! E tão saudável! Acabei de almoçar mas bem que ia um bocadinho! :o)

    Bjos

    ResponderEliminar
  13. Anna,
    essa caldeirada tá de comer rezando, flor.
    Amo frutos do mar.
    Beijo

    ResponderEliminar
  14. Anna amei chegar até seu blog!! Delícia tudo, tudo que tem por aqui!!

    ResponderEliminar
  15. Esse truque das ameijoas no fundo é importante para que não pegue.

    ResponderEliminar
  16. caldeirada também é um prato sempre bem vindo na minha casa.. essa feita em tacho de barro deve ter ficado uma delícia

    ResponderEliminar
  17. Anna, bela caldeirada!
    Se apanhasse agora um pratinho dela ...

    ResponderEliminar
  18. Aninhas, tenho andado sem poder passar por aqui (agora que descobri o feltro e a decoupage, não quero outra coisa!)... Mas logo que aqui entrei deparei-me com esta maravilha e vou já avisar o DomPaulo para vir aqui espreitar esta receita já que fiquei "grudada" à tela!
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  19. Que delícia... Adoro caldeirada. Esta ficou com um belíssimo aspecto

    ResponderEliminar
  20. Já há muito que não faço. Mas esta tem um óptimo aspecto.
    E agora é altura dela.
    Em tempos, o último dia de praia era sempre em Tróia e depois "aterravamos" em Setúbal, na tasca de um pescador. Era comer até mais não!
    Caldeirada como aquela, não havia.
    boa semana

    ResponderEliminar
  21. por acaso foi ontem o meu almoço mas foi o meu marido o cozinheiro

    belas fotos, hummmm... abriram-me o apetite para o lanche, ihihihi

    um beijinho Anninhas!

    ResponderEliminar
  22. Numa casa portuguesa... há uma boa caldeirada... optimo aspecto

    ResponderEliminar
  23. Deliciosa a tua caldeirada :-)

    há já muito tempo que não faço... deixou-me com vontade de ir para a cozinha...eheh

    bjs

    ResponderEliminar
  24. Que aspecto delicioso!
    Adoro uma caldeirada bem feita, assim como essa!

    ResponderEliminar
  25. Maravilhoso! Obrigado pela visita aos "Amigos do Balde"! Conto consigo!

    ResponderEliminar
  26. Uma caldeira variada e muito rica. Bela receita, parabéns.
    Bjs

    ResponderEliminar

Bem vindos(as)!
Obrigada pela visita e também pelo comentário.