quarta-feira, 23 de Maio de 2012

Farinheira Mexida com Ovos (Trilogia 81)

Estamos na 81ª semana de trilogia e o Amândio disse farinheira para que o Luís e eu nos enchessemos de aromas e sabores deliciosos de fumo...


Escolhi uma farinheira sequinha que é assim que eu gosto delas.


Tirei-lhe a pele e deitei-a numa frigideira com um fiozinho de azeite e dois dentes de alho grosseiramente cortados.
Quando a farinheira aqueceu foi fácil desmanchá-la com a ajuda de um garfo.
Envolvi-a com o azeite e os alhos, deixando-a fritar só ligeiramente.


Misturei então 2 maçãs golden cortadas aos cubos (não eram bem cubos - que não há cubos irregulares...).


Envolvi também, com a colher de pau, 100 g de pinhões.
Finalmente juntei 5 ovos batidos e temperados com pimenta preta moída e umas folhas de coentros.
Fui sempre mexendo, sobre lume brando, até os ovos coagularem (sem os deixar secar).


Acompanhei com arroz branco e  coloquei mais um pezinho de coentros sobre os ovos mexidos.


Fiquei a pensar muito bem da ligação:
farinheira - ovos - maçã - coentros.
Foi agradável encontrar e trincar os pinhões, mas terei de pensar se os junto na próxima... acho que o seu sabor precioso se perdeu.


1 comentário:

  1. É isto mesmo o gozo da cozinha! Experimentarmos os nossos sabores, tentarmos as nossas combinações, darmos vida à imaginação e.... comê-la.
    Inspiração e ousadia de fazermos os nossos sabores (mesmo quando falha a tentativa)sem seguirmos as receitas das comidas dos outros, não há ingredientes secretos mais preciosos!

    ResponderEliminar

Bem vindos(as)!
Obrigada pela visita e também pelo comentário.