quinta-feira, 30 de Agosto de 2012

Hamburguers em Flor

Não conheço miúdo ou graúdo que resista a um bom hamburguer...
E estes eram bons até dizer chega!


Gosto de os fazer em casa com carne de vaca picada.
Temperei-os com umas pedrinhas de sal, alho em pó e pimenta moída.


Deixei-os fritar de um lado, em azeite quente.
Virei-os e, sobre cada um deles, coloquei uma fatia de queijo flamengo dobrada ao meio.


Quando o queijo ficou amolecido com o calor, coloquei, sobre cada fatia, uma rodela de ananás de lata escorrida e pressionei com uma espátula (para que o queijo subisse e preenchesse o espaço central da rodela).
Deixei acabar de fritar e servi com alface e batatas fritas. 


Fiz um jantar bonito, divertido e saboroso... diferente também se lhe aplica!


quarta-feira, 29 de Agosto de 2012

Saladinha Fresca de Garoupa (Trilogia 95)

E o Luís disse cozinha fresca nesta ultima semana de agosto...
O Amândio e eu quase nos metíamos dentro dos respetivos frigoríficos (lol!).

Cozi uma posta grandona de garoupa, depois de a ter temperado com sal, salsa, limão e deixado descansar  por 1 hora, no frigorifico.
Lasquei a posta de garoupa.
Também cozi batatas aos cubos, cenouras às rodelas, ervilhas congeladas e 3 ovos.
Escaldei miolo de camarão (cerca de 1 dúzia).
Escorri  bem todos os ingredientes e deixei descansarem no frigorífico.


Fiz maionese.


Numa saladeira grande, fui colocando alface ripada à mão, lascas de garoupa, cubos de batatas, rodelas de cenoura, ervilhas, o miolo de camarão e rodelas de ovos cozidos.
Fui temperando com colheradas de maionese.
Levei mais 1 hora ao frigorífico.
Servi.

al

Verdade que com umas azeitonas pretas ficaria uma salada mais que perfeita... assim ficou perfeita para um almoço em dia de calor de agosto.
Vamos à 96ª?

sexta-feira, 24 de Agosto de 2012

Costeletas e Frutas Grelhadas

Quase nem tem receita, já que é só usar o grelhador...


Temperei costeletas de porco com sal e alho em pó.
Borrifei com gotas de limão e coloquei no grelhador.
Entretanto, abri  pêssegos e  bananas ao meio (1 de cada para cada costeleta), borrifei-os com sumo de limão e levei também ao grelhador.
Quando retirei, salpiquei todos com mais sumo de limão e coloquei umas nozinhas de manteiga.


Bem disse que era fácil...
…mas nem por isso deixou de ficar uma delicia!


quinta-feira, 23 de Agosto de 2012

Feijoada de Polvo

Mesmo estando  em Agosto, apeteceu-me fazer uma feijoada de polvo que tinha visto há tempos no Garficopo.
Falava que polvo e feijão branco eram uma feliz ligação... não foram necessários mais argumentos para me convencer (confesso que também gostei da foto…).


Cozi o polvo. cortei-o em pedaços e reservei a água da cozedura.


Num tacho, deitei 1 fio de azeite, 2 dentes de alho esmagados, 1 cebola picada, uma malagueta seca e uma folha de louro.
Juntei ainda 6 rodelas de chouriço e deixei-os rebolar por uns minutos.
Deitei então os pedaços de polvo e 2 conchas da água de o cozer.
Ficaram uns minutos a conhecerem-se.


Deitei, então, no tacho o conteúdo  de uma lata de feijão branco.
Envolvi e deixei que o molho apurasse.
Finalmente polvilhei com coentros picados.


E agora já posso confirmar: feijão branco e polvo resultam mesmo numa feliz ligação...



quarta-feira, 22 de Agosto de 2012

Lombinho de Porco com Ananás (Trilogia 94)

O ananás virou rei nesta 94ª semana de trilogia com o Amândio e o Luís... 
até tem coroa e tudo, por via das dúvidas.


Cortei um lombinho de porco em cubos pequenitos e temperei-os com sal, alho em pó e 2 colheres de sopa de mostarda.
Deixei-os no frigorífico cerca de 2 horas.


Num tacho, com 1 fio de azeite, alourei 1 cebola grande, picada.
Juntei a carne e deixei-a fritar um pouco.
Quando ficou bem dourada, borrifei-a com um pouco de vinho branco e deixei-a cozinhar com o tacho tapado, durante uns 2 minutos, em lume brando.
Envolvi a carne com 1 colher de café de caril e um pezinho de coentros picado.
Juntei-lhe 1 ananás fresco cortado em cubos (mais ou menos do mesmo tamanho que os pedaços de carne), o molho de ananás que se formou (2 colheres de sopa) e deixei apurar por mais 5 minutos.


 Ananás é só um dos meus ingredientes preferidos... e, mais uma vez, portou-se mesmo muito bem.

quarta-feira, 15 de Agosto de 2012

Filetes de Sardinhas (Trilogia 93)

Esta é a 93º semana de trilogias e a das sardinhas, ditada pelo Amândio.
Lá fomos os 3 à pesca.
Eu e o Luís não nos fizemos rogados, até porque estamos em agosto...


Pedi à peixeira para escalar as sardinhas.


Temperei os filetes de sardinha com sal, pimenta moída (rosa e verde), alho picado e louro.
Borrifei com um pouco de sumo de limão e guardei no frigorífico por uma hora (mais ou menos).


Passei os filetes por farinha e ovo batido.
Fritei-os em azeite bem quente.


Escorri-os sobre papel absorvente e salpiquei-os, ainda bem quentes, com gotas de sumo de limão.
Acompanhei-os com açorda de coentros.


Não comia filetes de sardinha desde miúda, quando a minha mãe os fazia, invariavelmente acompanhados de arroz de tomate malandrinho e a chamarem-se costeletas de sardinhas.
Adorei!!!



segunda-feira, 13 de Agosto de 2012

Lulas e Camarão com Caril

E o aroma do caril transbordou da minha cozinha...
Chegou até aí?


No fundo de um tacho deitei 1 fio de azeite, 2 dentes de alho esmagados, 1 cebola grande finamente picada e 2 colheres de chá cheias de pó de caril.
Juntei 500 g de lulas cortadas em rodelas e deixei-as rebolar um pouco.
Borrifei-as com um pouco de vinho branco, tapei o tacho e deixei-as suar por uns 15 minutos.


Temperei com pouco sal e alguma pimenta moída.
Entraram, então, no tacho, 250 g de camarões descascados e 1 dl de leite de coco.
Envolvi-os todos.
Deixei que o molho apurasse e o camarão cozesse (não mais que 5 minutos, em lume brando).


Entretanto, fritei batatas em azeite.
Escorri-as sobre papel absorvente e coloquei-as num prato de serviço.


Sobre elas, deitei as lulas, o camarão e o molho.
Em cada prato coloquei um pezinho de coentros frescos.


Ficaram tão bonitas quanto saborosas!!!


quarta-feira, 8 de Agosto de 2012

É Sanduíche (na Tri 92)

O Luís disse que seriam sanduíches para esta tri (a 92) e claro que o Amândio e eu não deixamos de cumprir...


Comecei por fazer maionese que reservei no frigorífico.
Entretanto grelhei 1 peito de frango (temperado com sal e alho em pó) que cortei em cubinhos bem pequenos.


Numa taça, misturei os cubinhos de frango com 1 cenoura ralada, 2 dentes de alho e 1 cebolinha finamente laminados e 1 pé de coentros cortados com a tesoura.


Envolvi bem com 1 chávena de chá de maionese.
Retifiquei os temperos.


Espalhei esta pasta sobre uma fatia de pão de Mafra (o meu preferido logo a seguir ao alentejano) e cobri com outra.


Foi o meu jantar, um dia destes, com 1 prato de sopa de feijão verde e cenoura.
Bem bom...



segunda-feira, 6 de Agosto de 2012

Salmonetes no Forno

Gosto do sabor delicado dos salmonetes com o sabor da laranja e também do limão...


Arranjei 3 salmonetes. temperei-os com sal e sumo de uma laranja e de meio limão.
Na barriga dos peixes, introduzi um dente de alho esmagado e meia folha de louro.
Deixei-os descansar uma meia hora no frigorífico.


Num tabuleiro, deitei 1 fio de azeite, cebola em meias luas e dentes de alho esmagados.
Coloquei também rodelas de laranja e de limão.
Salpiquei com sal e pimenta moída.


Sobre esta cama, coloquei os salmonetes.
Sobre cada um deles, dispus 2 meias rodelas de laranja e 1 de limão.
Borrifei com um pouco de vinho branco e reguei com mais 1 fio de azeite.
Levei ao forno por uns 25 minutos.
Acompanhei-os com batatas cozidas e com o molho que se formou no fundo do tabuleiro.


Esta é daquelas que deixam um cheirinho todo especial pela cozinha...



quarta-feira, 1 de Agosto de 2012

Peitos de Frango com Cheiro de Pizza (Trilogia 91)

Nada melhor que uma 4ª feira de trilogia (a 91ª) para uma boa entrada no mês de Agosto...
Disse peitos de frango ao Amândio e ao Luís e fiz uns com cheirinho de Itália.


Tirei a pele a 3 peitos de frango.
Temperei de sal, pimenta moída e alho em pó.


Numa frigideira, aqueci 1 colher de sopa de manteiga e 1 colher de sopa de azeite.
Alourei os peitos de frango, uns 3 minutos de cada lado e coloquei-os num tabuleiro.


Noutra frigideira, deitei  colheres de sopa de azeite e alourei 1 cebola picada.
Juntei 1 lata de tomate em pedaços e 2 colheres de sopa de polpa de tomate, 1 colher de chá de açúcar e outra de oregãos e ainda meia chávena de caldo de galinha.
Temperei de sal e pimenta e deixei cozinhar, em lume brando, por uns 15 minutos.
Deitei este molho de tomate por cima dos peitos de frango, no tabuleiro.


Cobri o tabuleiro com papel de alumínio e levei ao forno meia hora.


Ao fim desse tempo, retirei o papel e dispus sobre cada peito de frango umas rodelas grossas de mozzarella fresco.


Levei ao forno mais uns 5 minutos, até o queijo derreter.
Acompanhei com massa, azeitonas pretas descaroçadas e uns raminhos de hortelã.


Saborosos e bem cheirosos, estes peitos de frango...
A caminho da 92ª!